Como Negociar Dívidas

O livro digital mais completo do Brasil, que levou o autor a ser entrevistado por Jô Soares.

Uma triste realidade em nosso país!

Em nosso país, onde o sistema capitalista e o poder financeiro prevalecem acima de tudo, deixando as pessoas expostas às diversas situações possíveis e imagináveis, tudo se agrava quando o problema vem a ser dívidas.

Os credores utilizam suas “armas”, pressionando e acionando os devedores de todas as formas possíveis, indiferentes às consequências que levam, cada vez mais, a piorar a situação.

O que você precisa saber sobre dívidas...​​​​​​​

Desenvolvendo nossa atividade profissional em Consultoria Financeira, cuja especialização é Negociação de Dívidas, tenho, no dia-a-dia, experiências das mais variadas, as quais me levaram a escrever este e-book, que é uma atualização e sucessor do livro: Como Negociar Dívidas.

Estamos transmitindo, aqui, orientações e discernimento na solução de suas dívidas.

Obviamente, pode-se dizer: “A solução para quem deve é pagar suas dívidas”. Claro, mas, por desorientação, somos levados, muitas vezes, a ampliar o problema, sem perceber, com decisões erradas.

63,3 dias

É o tempo médio de atraso das família brasileiras! Fonte: Agência Brasil

Isto, na maioria das vezes, faz com que sua situação se agrave ainda mais.

Para pagar dívidas é preciso ter dinheiro, e quem está endividado não dispõe de recursos. Além disso, os juros acrescidos a tais débitos dificultam a sua liquidação, tornando-os, em muitas situações, impagáveis!

A desinformação da maioria das pessoas é tão grande que elas, simplesmente, ficam apavoradas e sem rumo, desde o pequeno e médio empresário aos cidadãos de todas as classes sociais e formação profissional, quando passam por dificuldades financeiras.

banner-2

Como as pessoas se aproveitam da sua situação de endividado!​​​​​​​

Desta situação se aproveitam gerentes de bancos, administradoras de cartões de crédito, agências de cobranças que utilizam ameaças com o objetivo de apavorar o devedor, forçando-o a levantar, desesperadamente, recursos para liquidar determinada dívida.

Este livro digital não tem, absolutamente, o objetivo de incentivar as pessoas a não pagar os seus débitos; muito pelo contrário. Seu objetivo é evitar que, por uma ou mais dívidas, as pessoas ou empresas simplesmente desorganizem suas vidas, ao ponto de passarem anos para se recuperar, isto quando não chegam à falência por falta de orientação na condução do problema.

banner-4

Esteja preparado para tudo!

O principal objetivo de nossa obra, repito, é transmitir a orientação para que você tenha o mínimo de preparo para enfrentar estes profissionais muito bem treinados pelos credores e que utilizam os mais variados argumentos, pressionando, ostensivamente, com ameaças e todo um ritual de acionamento para que você aceite suas propostas.

Propostas no sentido de falar, porque, na verdade, são, em sua grande maioria, imposições oriundas de ameaças como o velho “chavão”: “A empresa só pode fazer isto, caso contrário nós vamos negativar seu nome no SPC, EXECUTAR, PROTESTAR, etc.”

Tudo isto deixa, de imediato, muitas pessoas apavoradas, fazendo com que elas aceitem formas de pagamento acima de suas reais possibilidades. Dessa forma, criam dívidas para pagar outras dívidas!

78,1

%

É o percentual de famílias que estão endividadas com cartão de crédito!

Fonte: Agência Brasil

Sua situação, seja qual for, no tocante a endividamento, pode ter certeza que há jeito. Basta você se conscientizar de sua realidade atual e não ficar se lamentando. É comum as pessoas com muitas dívidas entrarem em um processo psicológico negativo, prejudicando seu nível de raciocínio, com acentuadas dificuldades na condução e solução dos problemas.

Ora, se você sempre procurou pagar seus compromissos em dia, sempre se submeteu a esses juros absurdos impostos pelo sistema financeiro – que só beneficia os tubarões – e, repentinamente, se vê em dificuldades, não conseguindo cumprir seus compromissos, o que acontece? As administradoras de cartões cancelam logo o seu cartão, os bancos suspendem o seu cheque especial, você logo é fichado nas RESTRIÇÕES, ameaçado de execução, protestos, recebe um sem número de telefonemas, cartas de cobranças, visitas de cobradores e ninguém querem saber como você pode parcelar e pagar sua dívida.

banner-9

Acredite... O seu problema tem SOLUÇÃO!​​​​​​​

O que se faz é utilizar todas as pressões citadas acima para que você aceite as condições impostas pelos credores.

Na verdade, não existe magia nenhuma. Vamos transmitir a você, com esse livro digital, técnicas de negociações para que sua postura seja de igualdade, possibilitando-lhe a real capacidade de, negociar dividas com bancos, financeiras e cartões de créditos para, efetivamente, solucionar seu processo de endividamento a curto, médio e longo prazo.